Nunca tinhas visto a Selecção assim. Nem o futebol, nem os jogadores e o seu meio envolvente. Até hoje, ninguém teve a oportunidade de entrar no balneário. Estás em Força Portugal, o único sitio que te mostra o futebol por dentro.

Quinta-feira, 8 de Junho de 2006
Angola
O encontro de estreia de Portugal frente a Angola, marcado para domingo, dia 11 de Junho, em Colónia, aproxima-se a passos largos. Por isso não admira que os treinos ministrados por Luiz Felipe Scolari, pelo seu adjunto Flávio Teixeira, e pelo seu preparador físico Darlan Schneider, se vão tornando mais e mais exigentes. Afinam-se detalhes, estudam-se lances de laboratório, procuram-se os segredos necessários para surpreender os africanos. E, ao mesmo tempo, trabalham-se as questões psiquicas próprias de quem vai sofrer, agora, a natural ansiedade de querer entrar de pé direito num Campeonato do Mundo no qual se depositam vincadas expectativas. Quem tem visto os treinos de Portugal não pode ter dúvidas: os portugueses estão pronto! Que domingo chegue depressa! Esta gente quer jogar!

tags:

publicado por Força Portugal às 17:06
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quarta-feira, 3 de Maio de 2006
México
Se tudo correr como previsto, no dia 21 de Junho em Gelsenkirchen, Portugal e México vão disputar o primeiro lugar do Grupo D. Como sempre o México classificou-se sem dificuldades ao defrontar equipas da CONCACAF – chegou a registar goleadas por 10-0 e 8-0 – o que explica o facto de ser uma das selecções com presença mais assídua nos Mundiais e Copa América. Contudo, e como já é hábito, não entram nas apostas de equipas que ultrapassam os oitavos de final. Para este facto também não ajuda a falta de jogadores de renome internacional.

Ainda assim, a força desta equipa reside no espírito de grupo. Borgetti como avançado goleador (14 golos na fase de classificação), Marquez no eixo defensivo, a organizar e a lançar a equipa para o ataque, e Torrado no meio campo a segurar o jogo. Não há nenhuma super estrela, (ainda que hajam rumores que Marquez tenha recebido uma oferta do Milan), nem a excessiva legião de jogadores a jogar no estrangeiro ao estilo do Brasil e da Argentina.

O sistema mais utilizado pelo México é o 3-5-2 mas, mesmo tendo em conta que os jogadores laterais sobem até à linha de fundo, o perfil da selecção mexicana é mais defensivo, o que transforma a equipa num sólido 5-3-2 perfeito para armar contra-ataques, aproveitando os lançamentos de Marquez e a velocidade e experiência de Borgetti.

Apesar de uma planificação clara e de um apuramento fácil, o México não se livrou da polémica que normalmente geram as listas de convocados, já que Ricardo Lavope, o seleccionador, deixou de fora da selecção um ídolo do futebol mexicano como Cuahtemoc Blanco, um extremo polémico, com técnica de sobra que já jogou em meio mundo, capaz de criar problemas dentro e fora do campo. E também há que não esquecer Guille Franco, que se transferiu no mercado de Inverno para o Villarreal e demonstrou ser um avançado rápido e tenaz, ainda que a sua pontaria não esteja, de momento, muito afinada.

O México desde que foi convidado a participar, habituou-se a frequentar as semi-finais e finais da Copa América

tags:

publicado por Força Portugal às 13:09
link do post | comentar | favorito

Irão
Se a Angola pode ser desconhecida para a maioria, o mesmo acontece com o Irão, o segundo adversário de Portugal no Mundial. A partida terá lugar no dia 17 de Junho em Frankfurt às 15.00h. À priori será outro jogo fácil para Portugal, mas há que recordar que o Irão se classificou facilmente e sem apuros num grupo, onde só o Japão ficou à sua frente, com 29 golos marcados e apenas 7 sofridos em 26 jogos. Estamos de acordo, não eram adversários de peso, mas não nos devemos esquecer que às vezes, mesmo os jogos mais fáceis também se complicam.

Curiosamente, e ao contrario dos países Africanos, muitos dos jogadores da Selecção Iraniana jogam na Ásia, incluindo o ídolo local, Ali Daei, que totaliza 104 golos marcados pelos seu país – é obviamente um recorde nacional –, e que se apresentará na Alemanha com 37 anos de idade, ¿Um novo Roger Milla? Outro jogador conhecido é Mahdavikia: Primeiro pelas suas actuações no Hamburgo, clube que disputou o título da Bundesliga com o Bayern até ao último momento, e segundo pelas recentes acusações que lhe foram feitas de bigamia, prática que na Alemanha é considerada crime. Veremos o que irá acontecer com ele. Como é costume nestas equipas, o seleccionador é estrangeiro, neste caso o Croata Branko Ivankovic, que sucedeu no cargo a Blazevic, de quem tinha sido assistente no histórico terceiro lugar alcançado pela Selecção Croata no Campeonato do Mundo de 98.

Apesar da classificação, e como se depreende deste artigo (http://en.wikipedia.org/wiki/Branko_Ivankovi%C4%87) em inglês na Wikipédia, o seu estilo defensivo está a ser amplamente criticado, bem como a recorrente utilização dos mesmos jogadores. Ainda assim, o melhor é não fiar. No fim de contas Portugal deve ganhar os dois primeiros jogos e bater-se com o México, o adversário mais forte e perigoso, pelo primeiro lugar no grupo.

tags:

publicado por Força Portugal às 13:08
link do post | comentar | favorito

FORÇA PORTUGAL
posts recentes

Angola

México

Irão

arquivos

Maio 2008

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

subscrever feeds
links
tags

jogos

cr7

selecção

Concentração

figo

força portugal

Força portugal

rivais

jorge andrade

3 jogos

3 vitórias

9 pontos

botas

costinha

cracks

deco

equipas europeias

miguel

pauleta

Selecção

todas as tags

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31